Basílica
 Dados Gerais do Carmo
 Basílica Tombada
 Significado Histórico
 Pobre Matriz Rica
 Basílica na História
 Outras Informações
 Livro da Basílica
 Pinturas
 Iconografia
 Órgão Tamburini
 Coral Vozes do Carmo
 Horários de Missas
 Horários de Confissões
Paróquia
 Histórico
 Párocos
 Pastorais
 Atividades
 Calendário Anual
 Horários
 Batizados
 Casamentos
 Escola Paroquial
 Capela N.Sra.Boa Morte
 Templo Votivo
 
N. Sra. do Carmo
 Festa: 16 de Julho
 Devoção e História
 Novena
 Cânticos
 Oração
 Reza do Terço

 

 

 

 

 

 

 Recomende este site

 

 

 

 
 

As cores dos paramentos litúrgicos

e seus significados

 

 

 

Através das cores, a liturgia sagrada da  Igreja apresenta uma linguagem simbólica  muito expressiva. São seis as cores litúrgicas: branco, vermelho, verde, roxo, preto e róseo.

 

As diferentes cores das vestes litúrgicas visam manifestar externamente o caráter dos mistérios celebrados e também a consciência de uma vida cristã que progride com o desenrolar do ano litúrgico.

 

No princípio havia certa preferência pelo branco. As cores litúrgicas foram fixadas em Roma no século XII e em pouco tempo os cristãos do mundo inteiro aderiram a este costume.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Branco

Simboliza a vitória, a paz, a alma pura, a alegria. 

Usado na Páscoa, no Natal, nas Festas do Senhor (exceto as da Paixão), de Nossa Senhora e dos Santos não-mártires.

As cores dourada e prateada podem ser usadas nos dias festivos, em substituição ao branco.

A cor azul também pode ser usada nas Festas e Solenidades da Santíssima Virgem Maria.

 

 

 

 

 

 

 

 

Vermelho

Simboliza o fogo do amor, da caridade ou do martírio.

Lembrando o fogo do Espírito Santo, é a cor de Pentecostes.

Lembrando  o sangue, é a cor usada nas Festas dos Santos mártires, no domingo da Paixão (domingo de Ramos) e na sexta-feira santa.

 

 

 

 

 

 

 

 

Verde

Simboliza a esperança.

Usado nos domingos do Tempo Comum e nos dias da semana.

 

 

 

 

 

 

 

 

Roxo

Simboliza a penitência, contrição, serenidade.

Usado no Advento e na Quaresma. Pode também ser usado nas missas pelos mortos e na confissão.

Quanto ao tempo do Advento, hoje há uma tendência a se usar o violeta, em vez do roxo, para diferenciá-lo do tempo quaresmal (penitência) e acentuar a dimensão de alegre expectativa da vinda do Senhor.

 

 

 

 

 

 

 

 

Preto

Simboliza tristeza, dor, luto. Significa o choro da Igreja diante da morte de Nosso Senhor Jesus Cristo e de seus fiéis.

Pode ser usado nas missas pelos mortos, nas quais usa-se também o roxo ou até mesmo o branco, para se dar ênfase não à dor, mas à ressurreição.

 

 

 

 

 

 

 

 

Rosa

Simboliza a alegria dentro de um tempo destinado à penitência.

Pode ser usado no 3º domingo do Advento (Gaudete) e no 4º domingo da Quaresma (Laetare).

 

 

 

 

 

Conheça mais para celebrar melhor

Missa parte por parte: clique aqui

Ano litúrgico (A, B, C): clique aqui

 

 

 

 

 

Saiba mais

Pároco Atual  

Liturgia Dominical  

  Liturgia Diária  

Horários da Basílica  

Carmelitas em Campinas  

Imagens e Idolatria  

Links  
  AVISOS  
Escapulário

Origem  

Espiritualidade

 

 

 

 

 

 

Google

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

© desde 25/12/2006 - Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil