Basílica
 Dados Gerais do Carmo
 Basílica Tombada
 Significado Histórico
 Pobre Matriz Rica
 Basílica na História
 Outras Informações
 Livro da Basílica
 Pinturas
 Iconografia
 Órgão Tamburini
 Coral Vozes do Carmo
 Horários de Missas
 Horários de Confissões
Paróquia
 Histórico
 Párocos
 Pastorais
 Atividades
 Calendário Anual
 Horários
 Batizados
 Casamentos
 Escola Paroquial
 Capela N.Sra.Boa Morte
 Templo Votivo
 
N. Sra. do Carmo
 Festa: 16 de Julho
 Devoção e História
 Novena
 Cânticos
 Oração
 Reza do Terço

 

 

 

 

 

 Recomende este site

 

 

 
 

A vocação das

Monjas Carmelitas Descalças

 

Santa Terezinha do Menino Jesus

 

 

Acima de tudo cultivar a oração contínua

em solidão, silêncio e espírito de vigilância evangélica.

 

A vocação da Carmelita é um compromisso de "viver em obséquio de Jesus Cristo, meditando dia e noite na lei do Senhor e velando em oração".  Seu apostolado na Igreja é puramente contemplativo. Consiste na oração e na imolação com a Igreja e pela Igreja, excluindo qualquer forma de apostolado ativo.

 

As Monjas Descalças da Ordem da Bem-aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo fazem parte de uma família religiosa enriquecida com um carisma próprio para desempenhar uma missão peculiar no Corpo místico de Cristo.  Imitando a "Cristo que se entrega à contemplação no monte", e cuja vida estava sempre animada por um colóquio filial com o Pai, devem dar testemunho, na Igreja, de uma vida de oração contínua.

 

As origens da Ordem, o título da "Bem-aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo" e as antigas tradições espirituais demonstram a índole mariana e bíblica da vocação carmelitana. Ao escolher a Virgem Maria como Mãe e Padroeira, a Ordem busca amparo sob sua proteção, e vê no mistério de sua vida e de sua união com Cristo, um modelo e ideal de consagração.

 

 

Religiosas do Carmelo Santa Face e Pio XII –Tremembé – SP

Diocese de Taubaté - SP

 

Nota: A Diocese de Taubaté está iniciando o processo de canonização da fundadora do Carmelo Santa Face e Pio XII, Madre Maria do Carmo da Santíssima Trindade. Também conhecida carinhosamente como Carminha de Tremembé, Madre Maria do Carmo nasceu em Itu-SP no dia 25 de novembro de 1898 e passou parte de sua infância na cidade de Campinas-SP. Na Basílica Nossa Senhora do Carmo, na época denominada Matriz Velha, foi batizada em 12 de fevereiro de 1899 e fez sua primeira comunhão em 21 de junho de 1910. Para saber mais sobre Madre Maria Carminha, clique aqui.

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

Início

Saiba mais

Pároco Atual  

Liturgia Dominical  

  Liturgia Diária  

Horários da Basílica  

Carmelitas em Campinas  

Imagens e Idolatria  

Links  
  AVISOS  
Escapulário

Origem  

Espiritualidade

 

 

 

 

 

 

Google

 

 

 

 

 

 

 

 
© desde 25/12/2006 - Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil