03/11/2019

Solenidade de Todos os Santos

"Santificar-se pela prática do bem e da justiça!"

 

 

Jesus "subiu ao monte" e lá proclamou as bem-aventuranças, como fez Moisés para receber as tábuas da Lei. Jesus é o novo Moisés, tem ao seu redor os discípulos e uma grande multidão. As bem-aventuranças, nascidas do coração de Cristo, são o caminho que nos conduz à santidade. Todos os que percorreram esse caminho tornaram-se santos e santas, pois acolheram na vida o Cristo e seu Reino. Somos, pois, convidados a nos santificar pela prática do bem e da justiça.  

 

 

Liturgia da Palavra - Deus nos fala

Bem-aventurados são todos os que se esforçam em viver o projeto do Reino instaurado por Jesus, e trilham o caminho do bem, da justiça, da paz e da solidariedade. Farão parte da grande multidão que "lavou e alvejou suas roupas no sangue do Cordeiro".  

 

 

1ª Leitura - Ap 7,2-4.9-14

Leitura do Livro do Apocalipse de São João:

Eu, João, vi um outro anjo, que subia do lado onde nasce o sol. Ele trazia a marca do Deus vivo e gritava, em alta voz, aos quatro anjos que tinham recebido o poder de danificar a terra e o mar, dizendo-lhes: "Não façais mal à terra, nem ao mar, nem às árvores, até que tenhamos marcado na fronte os servos do nosso Deus".

Ouvi então o número dos que tinham sido marcados: eram cento e quarenta e quatro mil, de todas as tribos dos filhos de Israel.

Depois disso, vi uma multidão imensa de gente de todas as nações, tribos, povos e línguas, e que ninguém podia contar. Estavam de pé diante do trono e do Cordeiro; trajavam vestes brancas e traziam palmas na mão. Todos proclamavam com voz forte: "A salvação pertence ao nosso Deus, que está sentado no trono, e ao Cordeiro".

Todos os anjos estavam de pé, em volta do trono e dos Anciãos, e dos quatro Seres vivos, e prostravam-se, com o rosto por terra, diante do trono. E adoravam a Deus, dizendo: "Amém. O louvor, a glória e a sabedoria, a ação de graças, a honra, o poder e a força pertencem ao nosso Deus para sempre. Amém". E um dos Anciãos falou comigo e perguntou: "Quem são esses vestidos com roupas brancas? De onde vieram?"

Eu respondi: "Tu é que sabes, meu senhor".

E então ele me disse: "Esses são os que vieram da grande tribulação. Lavaram e alvejaram as suas roupas no sangue do Cordeiro".

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Salmo Responsorial - Sl 23

É assim a geração dos que procuram o Senhor!

 

Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra, o mundo inteiro com os seres que o povoam; porque ele a tornou firme sobre os mares, e sobre as águas a mantém inabalável.

 

"Quem subirá até o monte do Senhor, quem ficará em sua santa habitação?" "Quem tem mãos puras e inocente coração, quem não dirige sua mente para o crime.

 

Sobre este desce a bênção do Senhor e a recompensa de seu Deus e Salvador". "É assim a geração dos que o procuram, e do Deus de Israel buscam a face".  

 

 

2ª Leitura - 1Jo 3,1-3

Leitura da Primeira Carta de São João:

Caríssimos: Vede que grande presente de amor o Pai nos deu: de sermos chamados filhos de Deus! E nós o somos! Se o mundo não nos conhece, é porque não conheceu o Pai.

Caríssimos, desde já somos filhos de Deus, mas nem sequer se manifestou o que seremos! Sabemos que, quando Jesus se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque o veremos tal como ele é.

Todo o que espera nele, purifica-se a si mesmo, como também ele é puro.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Evangelho - Mt 5,1-12a

Anúncio do Evangelho de Jesus Cristo, escrito por Mateus:

Naquele tempo, vendo Jesus as multidões, subiu ao monte e sentou-se. Os discípulos aproximaram-se, e Jesus começou a ensiná-los:

"Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus.

Bem-aventurados os aflitos, porque serão consolados.

Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra.

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.

Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.

Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus.

Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.

Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da  justiça, porque deles é o Reino dos Céus.

Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e, mentindo, disserem todo tipo de mal contra vós, por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus".

- Palavra da Salvação.

- Glória a vós, Senhor!

 

 

Reflexão

Recordando nossa vocação de batizados, portanto, chamados à santidade, celebramos com a Igreja a vida de Todos os Santos. Essa solenidade nos faz viver profundamente o mistério de Cristo, e como Igreja peregrina experimentamos já na terra a alegria e os bens do céu.

Jesus está no alto da montanha, de onde proclama as bem-aventuranças aos Apóstolos e a todo o povo. Em cada bem-aventurança transparece o sentido da pertença ao Reino de Deus. Os santos e santas andaram no caminho das bem-aventuranças, pertencem ao Reino e agora estão junto de Deus.

Como podemos viver as bem-aventuranças e alcançarmos a santidade? Tendo no coração e no agir o que Cristo nos proclamou: sendo pobre, misericordioso, manso, pacífico, puro de coração, praticante da justiça e diante das injúrias e perseguições manter-se perseverante. Tudo o que Jesus nos propõe para viver, Ele mesmo viveu, desde  o presépio até o alto da cruz. O exemplo de Cristo nos faz viver as bem-aventuranças como nosso caminho de santidade e de discipulado.

Como povo cristão recorremos à intercessão dos santos e santas em nossas necessidades. É gesto de confiança e de certeza do auxílio que podem nos dar. É estímulo para nossa vivência de fé. Mas o que não podemos esquecer é que também somos chamados à santidade. Esse é o desejo de Deus: nossa santidade. A santidade dos Santos deve nos estimular e nos fazer procurar nossa santidade.

Uma bela observação de Edith Stein, agnóstica, e depois Santa Benedita da Cruz: "Entramos durante alguns minutos na catedral (da antiga Frankfurt) e, enquanto estávamos recolhidos num respeitoso silêncio, eis que entrou uma mulher com o saco das compras e se ajoelhou para fazer uma breve oração. Para mim tratava-se de um fato completamente novo: à sinagoga ou aos templos protestantes, que eu tinha visitado, íamos somente para alguma função religiosa; mas eis aqui alguém que chega, no meio dos seus afazeres quotidianos, a uma igreja vazia, para uma espécie de conversação íntima. Isto nunca mais o pude esquecer" (Bouffet J., Edith Stein, Filosofia crocifissa, Paoline, Milão, 1998, p.23).

Se não temos orgulho no coração e reconhecemos os sinais de Deus em nossa vida, por sua misericórdia alcançaremos a santidade. Entremos, pois, nesse caminho de vida. 

Redação "Deus Conosco"

Folheto litúrgico Deus Conosco - Ed.Santuário (03/11/2019)

 

 

Preces da Comunidade

Senhor Deus, grande é nossa esperança em vossa misericórdia, que nos revigora e nos devolve o gosto de viver e de amar. Acolhei, por vossa bondade, as súplicas que vos dirigimos.

 

1. Ajudai-nos, Senhor, a penetrar no mais profundo de nós mesmos e voltar inteiramente nossa vida em vosso amor e nos santificarmos, nós vos clamamos.

- Ó Pai Santo, santificai-nos!

 

2. Confirmai vosso povo na fidelidade e no ensinamento de vosso Filho, e assim seja um povo santificado e santificador, nós vos clamamos.

- Ó Pai Santo, santificai-nos!

 

3. Fazei com que as bem-aventuranças nos despertem para a alegria da fé, e nos façam discípulos autênticos e fiéis de vosso Filho Jesus, nós vos clamamos.

- Ó Pai Santo, santificai-nos!

 

4. Dai-nos, Senhor, a graça de viver na pureza e na mansidão, na justiça e na fortaleza, na paz e na concórdia, nós vos clamamos.

- Ó Pai Santo, santificai-nos!

 

5. Outras intenções...

 

Sede propício, ó Deus, às súplicas de vosso povo, para que sem demora alcancemos de vossa bondade o que vos pedimos cheios de fé. Isso vos pedimos, por Cristo, vosso Filho e Senhor nosso.

- Amém.

 

 

*   *   *

 

   

 

© desde 25/12/2006 - Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil