04/11/2018

Ano do Laicato: "Sal da terra e Luz do mundo" (Mt 5,13-14)

Solenidade de Todos os Santos

"A caridade nos leva à santidade!"

 

 

Toda santidade é fruto e chamado do amor de Deus. Ninguém se santifica pelas próprias forças. Pelo Batismo, fomos purificados no Sangue de Jesus, o Cordeiro, e nele formamos o povo da nova Aliança. Em Jesus, felizes e bem-aventurados são os pequenos, os pobres de espírito, os que praticam a misericórdia. Estes têm necessidade de Deus e não os poderosos, os que oprimem. Deixemo-nos tocar pela surpresa do amor de Deus por nós, e nos santifiquemos. 

 

 

Liturgia da Palavra - Deus nos fala

Jesus garante que serão felizes e bem-aventurados os pobres de espírito, os que choram, os não violentos, os que têm fome e sede de justiça, os misericordiosos, os puros de coração, os que promovem a paz. Se deixarmos, esta Palavra muda nossa vida e nos santifica. Vamos permitir que ela more em nós.  

 

 

1ª Leitura - Ap 7,2-4.9-14

Leitura do Livro do Apocalipse de São João:

Eu, João, vi um outro anjo, que subia do lado onde nasce o sol. Ele trazia a marca do Deus vivo e gritava, em alta voz, aos quatro anjos que tinham recebido o poder de danificar a terra e o mar, dizendo-lhes: "Não façais mal à terra, nem ao mar, nem às árvores, até que tenhamos marcado na fronte os servos do nosso Deus".

Ouvi então o número dos que tinham sido marcados: eram cento e quarenta e quatro mil, de todas as tribos dos filhos de Israel.

Depois disso, vi uma multidão imensa de gente de todas as nações, tribos, povos e línguas, e que ninguém podia contar. Estavam de pé diante do trono e do Cordeiro; trajavam vestes brancas e traziam palmas na mão.

Todos proclamavam com voz forte: "A salvação pertence ao nosso Deus, que está sentado no trono, e ao Cordeiro".

Todos os anjos estavam de pé, em volta do trono e dos Anciãos, e dos quatro Seres vivos, e prostravam-se, com o rosto por terra, diante do trono. E adoravam a Deus, dizendo: "Amém. O louvor, a glória e a sabedoria, a ação de graças, a honra, o poder e a força pertencem ao nosso Deus para sempre. Amém". E um dos Anciãos falou comigo e perguntou: "Quem são esses vestidos com roupas brancas? De onde vieram?" Eu respondi: "Tu é que sabes, meu senhor".

E então ele me disse: "Esses são os que vieram da grande tribulação. Lavaram e alvejaram as suas roupas no sangue do Cordeiro".

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Salmo Responsorial - Sl 23

É assim a geração dos que procuram o Senhor!

 

Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra, o mundo inteiro com os seres que o povoam; porque ele a tornou firme sobre os mares, e sobre as águas a mantém inabalável.

 

"Quem subirá até o monte do Senhor, quem ficará em sua santa habitação?" "Quem tem mãos puras e inocente o coração, quem não dirige sua mente para o crime.

 

Sobre este desce a bênção do Senhor e a recompensa de seu Deus e Salvador". "É assim a geração dos que o procuram, e do Deus de Israel buscam a face".

 

 

 

2ª Leitura - 1Jo 3,1-3

Leitura da Primeira Carta de São João:

Caríssimos: Vede que grande presente de amor o Pai nos deu: de sermos chamados filhos de Deus! E nós o somos! Se o mundo não nos conhece, é porque não conheceu o Pai.

Caríssimos, desde já somos filhos de Deus, mas nem sequer se manifestou o que seremos! Sabemos que, quando Jesus se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque o veremos tal como ele é.

Todo o que espera nele purifica-se a si mesmo, como também ele é puro.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Evangelho - Mt 5,1-12a

Anúncio do Evangelho de Jesus Cristo, escrito por Mateus:

Naquele tempo, vendo Jesus as multidões, subiu ao monte e sentou-se. Os discípulos aproximaram-se, e Jesus começou a ensiná-los:

"Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus.

Bem-aventurados os aflitos, porque serão consolados.

Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra.

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.

Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.

Bem-aventurados o puros de coração, porque verão a Deus.

Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.

Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos Céus.

Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e, mentindo, disserem todo tipo de mal contra vós, por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus".

- Palavra da Salvação.

- Glória a vós, Senhor!

 

 

Reflexão

"Sede santos como o vosso Pai celeste é santo" (Mt 5,48)

Ao nos fazer esse convite, que soa como um verdadeiro mandato, Jesus nos coloca frente ao único e absoluto sentido para a vida humana: a santidade. Esta é a vontade de Deus quando criou a pessoa humana: "Façamos o homem à nossa imagem e semelhança" (Gn 1,26). Ao descrever a beleza e a harmonia de tudo o que brota das mãos criadoras de Deus, o autor sagrado inspiradamente descreve não um passado perdido, mas o futuro, isto é, aquilo que Deus deseja e sonha para a pessoa humana e para toda a Criação.

Noutra passagem do Antigo Testamento, Deus reafirma sua vontade sobre a pessoa humana: "Sede santos, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo" (Lv 19,2). Por isso, o apóstolo Paulo conclui acertadamente: "Esta é a vontade Deus: a vossa santificação" (1Ts 4,3). E santidade é isso: cada dia e todos os dias nos tornamos sempre mais imagem e semelhança de Deus. Então, não resta dúvida alguma. Ser santo é o único e absoluto sentido da vida humana e devemos fazer deste objetivo o centro de todas as nossas atenções e esforços. E a festa de Todos os Santos vem nos lembrar disso: somos todos chamados à santidade.

Conforta-nos e nos enche de alegria e coragem a visão do apóstolo João, relatada na Primeira Leitura deste dia: "Eis que vi uma grande multidão, que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas. Estavam de pé diante do Cordeiro, trajados com vestes brancas e com palmas na mão". Santos não são somente os "canonizados", isto é, aqueles que a Igreja oficialmente reconheceu como tal, aprovando seu culto e veneração. Além destes, alegra-nos saber que uma imensa multidão, que ninguém poderá contar, vive a realidade definitiva na glória do Céu.

No meio dessa multidão poderemos, certamente, ver pessoas queridas de nossas famílias e Comunidades, que foram fiéis no testemunho de sua fé, perseverantes na prática do bem, solidários no sofrimento do próximo, misericordiosos no amor e fraternos no serviço aos irmãos.

Vivendo assim, podemos ter a certeza de nos juntar um dia àquela multidão celeste para cantar a glória e a santidade de Deus: "Amém. O louvor, a glória, a sabedoria, a ação de graças, a honra, o poder e a força pertencem ao nosso Deus pelos séculos dos séculos. Amém" (Ap 7,12).

Pe. Antonio Carlos Vanin Barreiro, C.Ss.R. 

Este texto faz parte do folheto litúrgico deste domingo - Deus Conosco -

Ed. Santuário.

 

 

Oração da Comunidade

A marca na fronte é o sinal da salvação e da pertença a Deus. Senhor, renovai em nossa vida a marca do vosso infinito amor e com ele fazei-nos servidores dos pequenos e necessitados. Confiantes, nós vos pedimos.

- Senhor, fortalecei-nos na busca da santidade!

 

1. Senhor, abençoai o Santo Padre, o Papa, na missão de coordenar e animar vosso Povo, nós vos suplicamos confiantes.

- Senhor, fortalecei-nos na busca da santidade!

 

2. Concedei-nos, Senhor, a graça da conversão de nossa vida, para que nossas palavras e ações proclamem vosso Reino no mundo, nós vos suplicamos confiantes.

- Senhor, fortalecei-nos na busca da santidade!

 

3. Senhor, confortai os desanimados, amparai os caídos, consolai os tristes e confirmai na fé e na esperança aqueles que lutam em favor da justiça e da verdade, nós vos suplicamos confiantes.

- Senhor, fortalecei-nos na busca da santidade!

 

4. Fazei-nos, Senhor, solidários com aqueles que necessitam dos dons e dos bens que nos destes para servir, nós vos suplicamos confiantes.

- Senhor, fortalecei-nos na busca da santidade!

 

5. Senhor, dai-nos fidelidade e perseverança na vivência da vossa Palavra, a fim de que um dia possamos contemplá-lo face a face na glória celeste, nós vos suplicamos confiantes.

- Senhor, fortalecei-nos na busca da santidade!

 

Acolhei, Senhor, os pedidos que aqui vos apresentamos e por vossa bondade socorrei-nos em cada dia com vosso amor santificador. Por Cristo, vosso Filho e Redentor nosso.

- Amém.

 

 

*   *   *

 

   

 

© desde 25/12/2006 - Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil