14/10/2018

Ano do Laicato: "Sal da terra e Luz do mundo" (Mt 5,13-14)

28º Domingo do Tempo Comum

"Para Deus tudo é possível!"

 

 

Deus é nosso refúgio, de geração em geração. A busca pelo Reino e a vida plena é que dão sentido a nossa caminhada terrena. Viver na ilusão das riquezas é autoenganar-se. Não é possível ser cristão e não ter atitudes de partilha e oblação. Acumular e gananciar-se não é do gosto de Jesus e do Reino. A sabedoria é o dom que nos permite ter o bom senso para fazer na vida as melhores escolhas e sermos felizes. No espírito de comunhão e de solidariedade fraterna, participemos da Eucaristia, partilhando a Palavra e o Pão da vida.  

 

 

Liturgia da Palavra - Deus nos fala

A Palavra nos mostra a Sabedoria como o dom mais precioso. Ela vale mais do que todas as riquezas deste mundo. Buscá-la é fazer a melhor escolha. Alguém quis seguir Jesus, mas sem nada deixar ou perder. É possível? Só é possível segui-lo na radicalidade.  

 

 

1ª Leitura - Sb 7,7-11

Leitura do Livro da Sabedoria:

"Orei, e foi-me dada a prudência; supliquei, e veio a mim o espírito da sabedoria.

Preferi a Sabedoria aos cetros de tronos e, em comparação com ela, julguei sem valor a riqueza; a ela não igualei nenhuma pedra preciosa, pois, a seu lado, todo o ouro do mundo é um punhado de areia e, diante dela, a prata será como a lama. Amei-a mais que a saúde e a beleza, e quis possuí-la mais que a luz, pois o esplendor que dela irradia não se apaga. Todos os bens me vieram com ela, pois uma riqueza incalculável está em suas mãos".

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Salmo Responsorial - Sl 89

Saciai-nos, ó Senhor, com vosso amor, e exultaremos de alegria!

 

Ensinai-nos a contar os nossos dias, e dai ao nosso coração sabedoria! Senhor, voltai-vos! Até quando tardareis? Tende piedade e compaixão de vossos servos!

 

Saciai-nos de manhã com vosso amor, e exultaremos de alegria todo o dia! Alegrai-nos pelos dias que sofremos, pelos anos que passamos na desgraça!

 

Manifestai a vossa obra a vossos servos, e a seus filhos revelai a vossa glória! Que a bondade do Senhor e nosso Deus repouse sobre nós e nos conduza! Tornai fecundo, ó Senhor, nosso trabalho. 

 

 

2ª Leitura - Hb 4,12-13

Leitura da Carta aos Hebreus:

A Palavra de Deus é viva, eficaz e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes. Penetra até dividir alma e espírito, articulações e medulas. Ela julga os pensamentos e as intenções do coração. E não há criatura que possa ocultar-se diante dela. Tudo está nu e descoberto aos seus olhos, e é a ela que devemos prestar contas.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Evangelho - Mc 10,17-30

Anúncio do Evangelho de Jesus Cristo, escrito por Marcos:

Naquele tempo, quando Jesus saiu a caminhar, veio alguém correndo, ajoelhou-se diante dele e perguntou: "Bom Mestre, que devo fazer para ganhar a vida eterna?"

Jesus disse: "Por que me chamas de bom? Só Deus é bom, e mais ninguém. Tu conheces os mandamentos: não matarás; não cometerás adultério; não roubarás; não levantarás falso testemunho; não prejudicarás ninguém; honra teu pai e tua mãe". Ele respondeu: "Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha juventude".

Jesus olhou para ele com amor, e disse: "Só uma coisa te falta: vai, vende tudo o que tens e dá aos pobres, e terás um tesouro no céu. Depois vem e segue-me!"

Mas quando ele ouviu isso, ficou abatido e foi embora cheio de tristeza, porque era muito rico. Jesus então olhou ao redor e disse aos discípulos: "Como é difícil para os ricos entrar no Reino de Deus!"

Os discípulos se admiravam com estas palavras, mas ele disse de novo: "Meus filhos, como é difícil entrar no Reino de Deus! É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus!" Eles ficaram muito espantados ao ouvirem isso, e perguntavam uns aos outros: "Então, quem pode ser salvo?"

Jesus olhou para eles e disse: "Para os homens isso é impossível, mas não para Deus. Para Deus tudo é possível".

Pedro então começou a dizer-lhe: "Eis que nós deixamos tudo e te seguimos".

Respondeu Jesus: "Em verdade vos digo, quem tiver deixado casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos, campos, por causa de mim e do Evangelho, receberá cem vezes mais agora, durante esta vida — casa, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, com perseguições — e, no mundo futuro, a vida eterna.

- Palavra da Salvação.

- Glória a vós, Senhor!

 

 

Reflexão

As leituras da celebração de hoje nos ensinam como buscar e viver a verdadeira Sabedoria. Na Primeira Leitura, a Sabedoria aparece como um dom gratuito de Deus, dada a todos que a pedem na oração e a buscam com um coração sincero. A verdadeira Sabedoria é que sustenta nossa vida. Para Jesus, essa Sabedoria é o Reino de Deus. Devemos nos empenhar na busca do Reino de Deus e da sua justiça. Esse era o desejo daquele homem que buscou Jesus, querendo "herdar a vida eterna".

Para Jesus, essa vida eterna é o Reino de Deus e suas exigências. Ele ensina que devemos começar com a vivência dos mandamentos. Pode parecer um começo simples, mas não é fácil. Temos dificuldades em viver sem mentir, sem roubar, sem cometer adultério, sem falar mal dos outros. Mas aquele homem, cheio de confiança em si mesmo, disse que essa parte já estava resolvida. Ele já observava esses mandamentos desde que era jovem. Ele está querendo algo mais!

Jesus, então, "olhou para ele com amor". O olhar amoroso de Jesus acolhe o desejo daquele homem e quer ajudá-lo a dar um salto em sua vida espiritual. Jesus diz que o Reino exige que a pessoa passe a viver no espírito da partilha: vai, vende tudo e dá aos pobres! Por não ter se libertado das amarras de suas propriedades, o homem é convidado por Jesus a entrar no seu seguimento. Mas essa proposta foi radical demais para ele. O homem foi embora "cheio de tristeza, porque tinha muitas propriedades". Para Jesus, buscar o Reino exige um passo além da simples observação de leis, regras e mandamentos.

O Reino é como a Sabedoria: um dom gratuito e generoso da parte de Deus que exige de nós rupturas e partilha. É por isso que até hoje nós fugimos dessa proposta radical de Jesus e preferimos o progresso material e os bens deste mundo. Queremos Jesus, mas não queremos sua proposta de partilha e de igualdade.

E o que acontece com as pessoas que acreditam, acolhem e vivem a proposta de Jesus? São as pessoas que se empenham na construção da Comunidade cristã. Elas vivem a partilha e a doação. São pessoas que se dedicam aos trabalhos pastorais, vencendo os desafios colocados por uma sociedade egoísta, individualista e consumista. Os cristãos tinham tudo em comum e não havia necessitados entre eles. Com a força da Palavra viva de Deus, de que fala a Segunda Leitura, essas pessoas são sinais de que a proposta de Jesus é possível. Viver o Evangelho de Jesus é viver a verdadeira Sabedoria. É saber direcionar sua vida para o Reino. 

Francisco Orofino e Frei Carlos Mesters 

Este texto faz parte do folheto litúrgico deste domingo - Deus Conosco -

Ed. Santuário.

 

 

Oração da Comunidade

Com amor filial, dirijamo-nos ao Pai do céu, que nos socorre em nossas necessidades, suplicando humildemente:

- Fazei-nos, Senhor, vossos fiéis seguidores!

 

1. Ajudai vossa Igreja em sua missão, para que seja libertadora e solidária onde há escravidão, e força de recuperação da dignidade dos oprimidos, nós vos pedimos, Senhor:

- Fazei-nos, Senhor, vossos fiéis seguidores!

 

2. Tocai em nossa consciência e em nossos sentimentos, e dai-nos o discernimento necessário para fazermos a escolha certa e com verdadeira liberdade, nós vos pedimos, Senhor:

- Fazei-nos, Senhor, vossos fiéis seguidores!

 

3. Atraí-nos em vosso amor e dai-nos a graça de viver cada dia em vossa misericórdia, felizes por testemunhar a fé em vós, nós vos pedimos, Senhor:

- Fazei-nos, Senhor, vossos fiéis seguidores!

 

4. Iluminai os que são chamados ao seguimento mais radical de vosso Filho, para que sejam desapegados e tenham inteira disponibilidade para o vosso Reino, nós vos pedimos, Senhor:

- Fazei-nos, Senhor, vossos fiéis seguidores!

 

5. Abençoai os professores e todos os que se dedicam ao ministério do ensino, a fim de que o façam com sabedoria e verdade, contribuindo para a superação da violência, nós vos pedimos, Senhor:

- Fazei-nos, Senhor, vossos fiéis seguidores!

 

6. Outras intenções...

 

Aceitai, Senhor Deus, as preces que nasceram da fé e da confiança em vós. Aumentai-nos o desejo de vos amar e vos servir em vosso Filho Jesus Cristo, que convosco vive e reina eternamente.

- Amém.

 

 

Oração da Campanha Missionária

Deus Pai, Filho e Espírito Santo, nós vos louvamos e bendizemos pela vossa comunhão, princípio e fonte da missão.

Ajudai-nos, à luz do Evangelho da paz, testemunhar com esperança um mundo de justiça e diálogo, de honestidade e verdade, sem ódio e sem violência.

Ajudai-nos a sermos todos irmãos e irmãs, seguindo Jesus Cristo rumo ao Reino definitivo. Amém.

 

*   *   *

 

   

 

© desde 25/12/2006 - Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil