16/08/2020

Vocação à Vida Religiosa

Solenidade da Assunção de Maria

 

 

A Mulher, em cujo ventre foi gerado o Filho de Deus, mereceu dele a glorificação. Maria permanece ao lado do Ressuscitado, glorificada, como luz a iluminar nossos caminhos. A Assunção gloriosa de Maria confirma a profecia do canto do Magnificat: Deus faz maravilhas nos humildes, naqueles que nele colocam toda a confiança. E no seguimento de Cristo colocamos todos os Religiosos e Religiosas, para que, sob a graça divina, respondam com intensidade ao chamado divino. 

  

 

Liturgia da Palavra - Deus nos fala

A Mulher resgatada por Deus após dar à luz é reconhecida pela Igreja como a imagem de Maria, Mãe do Redentor.

 

 

1ª Leitura - Ap 11,19a;12,1.3-6a.10ab

Leitura do Livro do Apocalipse de São João:

Abriu-se o Templo de Deus que está no céu e apareceu no Templo a Arca da Aliança. Então apareceu no céu um grande sinal: uma Mulher vestida de sol, tendo a lua debaixo dos pés e sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas.

Então apareceu outro sinal no céu: um grande Dragão, cor de fogo. Tinha sete cabeças e dez chifres e, sobre as cabeças, sete coroas. Com a cauda, varria a terça parte das estrelas do céu, atirando-as sobre a terra. O Dragão parou diante da Mulher que estava para dar à luz, pronto para devorar o seu Filho, logo que nascesse. E ela deu à luz um filho homem, que veio para governar todas as nações com cetro de ferro. Mas o Filho foi levado para junto de Deus e do seu trono. A Mulher fugiu para o deserto, onde Deus lhe tinha preparado um lugar.

Ouvi então uma voz forte no céu, proclamando: "Agora realizou-se a salvação, a força e a realeza do nosso Deus, e o poder do seu Cristo".

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Salmo Responsorial - Sl 44

À vossa direita se encontra a rainha, com veste esplendente de ouro de Ofir.

 

À vossa direita se encontra a rainha, com veste esplendente de ouro de Ofir.

 

As filhas de reis vêm ao vosso encontro, e à vossa direita se encontra a rainha com veste esplendente de ouro de Ofir.

 

Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto: "Esquecei vosso povo e a casa paterna! Que o Rei se encante com vossa beleza! Prestai-lhe homenagem: é vosso Senhor!

 

Entre cantos de festa e com grande alegria, ingressam, então, no palácio real". 

 

 

2ª Leitura - 1Cor 15,20-27a

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios:

Irmãos: Cristo ressuscitou dos mortos como primícias dos que morreram. Com efeito, por um homem veio a morte e é também por um homem que vem a ressurreição dos mortos. Como em Adão todos morrem, assim também em Cristo todos reviverão. Porém, cada qual segundo uma ordem determinada: Em primeiro lugar, Cristo, como primícias; depois, os que pertencem a Cristo, por ocasião da sua vinda. A seguir, será o fim, quando ele entregar a realeza a Deus-Pai, depois de destruir todo principado e todo poder e força. Pois é preciso que ele reine até que todos os seus inimigos estejam debaixo de seus pés. O último inimigo a ser destruído é a morte. Com efeito, "Deus pôs tudo debaixo de seus pés".

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Evangelho - Lc 1,39-56

Anúncio do Evangelho de Jesus Cristo, escrito por Lucas:

Naqueles dias, Maria partiu para a região montanhosa, dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judeia. Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel. Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança pulou no seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. Com um grande grito, exclamou: "Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre! Como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar? Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança pulou de alegria no meu ventre. Bem-aventurada aquela que acreditou, porque será cumprido o que o Senhor lhe prometeu".

Então Maria disse: "A minha alma engrandece o Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, porque olhou para a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada, porque o Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor. O seu nome é santo, e sua misericórdia se estende, de geração em geração, a todos os que o respeitam. Ele mostrou a força de seu braço: dispersou os soberbos de coração. Derrubou do trono os poderosos e elevou os humildes. Encheu de bens os famintos, e despediu os ricos de mãos vazias. Socorreu Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia, conforme prometera aos nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre". Maria ficou três meses com Isabel; depois voltou para casa.

- Palavra da Salvação.

- Glória a vós, Senhor!

 

 

Reflexão

Maria, Mãe de Cristo, Senhora da Igreja

Celebramos a Acolhida de Nossa Senhora no Céu por seu Filho Jesus.

No Evangelho encontramos vários personagens, cujos significados de seus nomes trazem uma mensagem.

Maria: dentre os vários significados de seu nome, temos a "amada", mas eu prefiro o significado de a "forte". Maria, a "amada" por Deus e por isso escolhida para ser a Mãe do Salvador. E para aceitar tal tarefa, só podia ser uma mulher "forte".

Zacarias: "lembrado por Deus". Zacarias, em idade avançada, não teve possibilidade de ter um filho em sua juventude, mas foi "lembrado por Deus", em sua velhice.

Isabel: a "reluzente", para mostrar que Deus é plenitude. Isabel recebe a graça da maternidade. A vida continua... e reluz de alegria pela graça recebida. Pela graça de ser mãe mostra a plenitude de Deus. Deus ao lado de seus filhos.

Jesus e João (o Batista), que estão no seio das mães: João, que é "cheio de graça", para mostrar que Deus é misericórdia; e Jesus, que é "Deus Salva"! João Batista, no seio da mãe, vibra com o encontro de sua mãe com a Mãe do Salvador. O menino João encontra-se com o Senhor, antes mesmo de nascer.

Jesus, no seio de sua Mãe, o Deus que Salva, transmite já nos seus primeiros meses de vida que Deus está do lado daqueles que confiam em sua misericórdia.

Maria, ao receber a "visita" do mensageiro de Deus, que traz a notícia de sua maternidade, aceita a proposta de ser a Mãe do Salvador. Neste aceite está a prova de sua inteira disponibilidade em "servir". Maria, a servidora  de Deus. E o serviço de ser Mãe do Salvador se expressa no encontro de quem necessita. Maria vai ao encontro de Isabel. Grávida em idade avançada, precisa de auxílio. Maria, mesmo grávida do Filho de Deus, presta-se a servir da forma mais humilde. Maria vai servir nos serviços mais simples de uma casa.

As características de Maria neste relato são sua adesão ao Plano de Deus e disponibilidade para servir a quem precisa.

Maria acolhe o Projeto de Deus, por isso seu coração se engrandece e, cheia do Espírito Santo, parte em direção a quem precisa. Disponível para servir!

Neste domingo, em que celebramos a vocação à Vida Religiosa, uma prece para todos os Religiosos e Religiosas, para que tenham o mesmo espírito de Maria: adesão ao Projeto de Deus e como consequência prática o serviço desinteressado a todos, principalmente aos mais pobres e abandonados.

Maria, assunta ao Céu, interceda por nós e nos faça mais abertos à Palavra de Deus e construtores do Novo Mundo da paz e da justiça.

Pe. Mauro Vilela, C.Ss.R.

Folheto litúrgico Deus Conosco - Ed.Santuário (16/08/2020)

 

 

Preces da Comunidade

Senhor Deus, neste dia em que celebramos a gloriosa assunção de Maria, a Mãe de Cristo, vosso Filho, elevamos a vós nossos rogos, dizendo confiantes:

- Pai Santo, santificai-nos!

 

1. Inspirai o Papa e todos os Ministros de vossa Igreja, para que sejam humildes, acolhedores e fiéis à sua vocação, nós vos pedimos, Senhor.

- Pai Santo, santificai-nos!

 

2. Fortalecei a ação dos que labutam a favor da vida e da dignidade humana, cumprindo o ensinamento de vosso Filho Jesus, nós vos pedimos, Senhor.

- Pai Santo, santificai-nos!

 

3. Guardai em vosso coração divino as mulheres que labutam por seus filhos e trabalham a favor da justiça e da paz, nós vos pedimos, Senhor.

- Pai Santo, santificai-nos!

 

4. Abençoai os Religiosos e Religiosas para que sejam, de fato, sinais vivos e transparentes de vosso Reino, nós vos pedimos, Senhor.

- Pai Santo, santificai-nos!

 

5. Outras intenções...

 

Confirmai vosso povo em vossa Aliança de amor, Senhor Deus, e fazei-nos servidores fiéis de vosso Reino, a exemplo de Maria, Mãe de vosso Filho Jesus, que convosco vive e reina para sempre.

- Amém.

 

*   *   *

 

   

 

© desde 25/12/2006 - Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil