26/07/2020

17º Domingo do Tempo Comum

 

 

Por meio das parábolas, Jesus ensina que o Reino é como um tesouro escondido no campo, ou ainda o compara ao comprador de pedras preciosas e a uma rede lançada ao mar. Acolher o Reino exige decisão e comprometimento pessoal. É sábio como Salomão quem tudo faz para acolher o que é de Deus, e assim se realiza o reinado divino sobre a terra. O Senhor nos ajude a reconquistar seu Reino libertador.  

  

 

Liturgia da Palavra - Deus nos fala

Possuir e experimentar o Reino de Deus exige discernimento, sabedoria e opção pelo que é essencial, como fez Salomão.  

 

 

1ª Leitura - 1Rs 3,5.7-12

Leitura do Primeiro Livro dos Reis:

Naqueles dias, em Gabaon, o Senhor apareceu a Salomão, em sonho, durante a noite, e lhe disse: "Pede o que desejas, e eu te darei".

E Salomão disse: "Senhor meu Deus, tu fizeste reinar o teu servo em lugar de Davi, meu pai. Mas eu não passo de um adolescente, que não sabe ainda como governar. Além disso, teu servo está no meio do teu povo eleito, povo tão numeroso que não se pode contar ou calcular. Dá, pois, ao teu servo, um coração compreensivo, capaz de governar o teu povo e de discernir entre o bem e o mal. Do contrário, quem poderá governar este teu povo tão numeroso?"

Esta oração de Salomão agradou ao Senhor. E Deus disse a Salomão: "Já que pediste esses dons e não pediste para ti longos anos de vida, nem riquezas, nem a morte de teus inimigos, mas sim sabedoria para praticar a justiça, vou satisfazer o teu pedido; dou-te um coração sábio e inteligente, como nunca houve outro igual antes de ti nem haverá depois de ti".

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Salmo Responsorial - Sl 118

Como eu amo, Senhor, a vossa lei, vossa palavra!

 

É esta a parte que escolhi por minha herança: observar vossas palavras, ó Senhor! A lei de vossa boca, para mim, vale mais do que milhões em ouro e prata.

 

Vosso amor seja um consolo para mim, conforme a vosso servo prometestes. Venha a mim o vosso amor e viverei, porque tenho em vossa lei o meu prazer! 

 

Por isso amo os mandamentos que nos destes, mais que o ouro, muito mais que o ouro fino! Por isso eu sigo bem direito as vossas leis, detesto todos os caminhos da mentira.

 

Maravilhosos são os vossos testemunhos, eis por que meu coração os observa! Vossa palavra, ao revelar-se, me ilumina, ela dá sabedoria aos pequeninos.

 

 

2ª Leitura - Rm 8,28-30

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos:

Irmãos: Sabemos que tudo contribui para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados para a salvação, de acordo com o projeto de Deus. Pois aqueles que Deus contemplou com seu amor desde sempre, a esses ele predestinou a serem conformes a imagem de seu Filho, para que este seja o primogênito numa multidão de irmãos.

E aqueles que Deus predestinou, também os chamou. E aos que chamou, também os tornou justos; e aos que tornou justos, também os glorificou.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Evangelho - Mt 13,44-52

Anúncio do Evangelho de Jesus Cristo, escrito por Mateus:

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: "O Reino dos Céus é como um tesouro escondido no campo. Um homem o encontra e o mantém escondido. Cheio de alegria, ele vai, vende todos os seus bens e compra aquele campo. O Reino dos Céus também é como um comprador que procura pérolas preciosas. Quando encontra uma pérola de grande valor, ele vai, vende todos os seus bens e compra aquela pérola. O Reino dos Céus é ainda como uma rede lançada ao mar e que apanha peixes de todo tipo. Quando está cheia, os pescadores puxam a rede para a praia, sentam-se e recolhem os peixes bons em cestos e jogam fora os que não prestam.

Assim acontecerá no fim dos tempos: os anjos virão para separar os homens maus dos que são justos, e lançarão os maus na fornalha de fogo. E aí haverá choro e ranger de dentes.

Compreendestes tudo isso?" Eles responderam: "Sim".

Então Jesus acrescentou: "Assim, pois, todo o mestre da Lei, que se torna discípulo do Reino dos Céus, é como um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas".

- Palavra da Salvação.

- Glória a vós, Senhor!

 

 

Reflexão

Eu sou o Caminho

Três palavras perpassam o fio condutor da liturgia de hoje: Coração, Tesouro e Reino dos Céus. Jesus disse: "Onde está o seu tesouro, aí estará também o seu coração" (Mt 6,21). O Rei Salomão que governou Israel de 971 a.C. a 931 a.C. recebeu de Deus um coração sábio e inteligente (1Rs 3,12) e engana-se quem pensa que ele governou o povo com justiça. Na verdade, seu coração deixou-se levar pelo poder, pelas riquezas e ambição. Mandou matar, impôs pesados tributos ao povo e colocou seu tesouro em glórias humanas.

Esse é o perigo: Deus concede a cada um de nós um coração sábio e inteligente e são as nossas decisões e ações que confirmam verdadeiramente se o tesouro de nossa vida é o Reino dos Céus ou o Reino do Mundo. Mas Deus, no final dos tempos, vai separar "os homens maus dos que são justos" (Mt 13,40). Onde está o nosso coração? Qual é o nosso tesouro?

 

A Verdade

Pelo sacramento do Batismo, renascemos para as coisas do alto, temos os dons necessários de Deus para discernir entre o bem e o mal. Deus faz a sua parte, todavia, nos dá a liberdade e a responsabilidade de praticar a justiça e a misericórdia. Conforme nos diz o Salmo de hoje: sua palavra nos ilumina e nos dá a sabedoria.

Mas em nosso ser e viver, qual é o tesouro, que vale a pena vender tudo e lutar, para possuí-lo? Em poucas palavras, onde está o nosso coração? Coração, na Bíblia, está no sentido de decisão, razão, convicção e escolha entre o bem e o mal, entre o Reino de Deus e as riquezas do mundo. Tudo se resume na escolha do coração e se o nosso tesouro é construir o Reino de Deus no meio de nós.

 

E a Vida

Santo Antônio de Pádua diz: "A palavra é viva quando são as obras que falam. Cessem, portanto, os discursos e falem as obras". Vivemos em um mundo cheio de lindos discursos... Mas um dia, diante de Deus, serão unicamente nossas obras praticadas em benefício dos nossos irmãos e irmãs que vão falar. "Sabemos que tudo contribui para o bem daqueles que amam a Deus" (Rm 8,28).

 

Pe. Francisco Albertin - Campestre-MG

Folheto litúrgico Deus Conosco - Ed.Santuário (26/07/2020)

 

 

Preces da Comunidade

Senhor Deus e Pai, com humildade nos aproximamos de vós e vos pedimos que nos acolhais em vosso Reino, e a vós clamamos com fervor:

- Pai santo, socorrei-nos com vosso amor!

 

1. Dai inspiração e sabedoria aos Ministros de vossa Igreja para que sejam fiéis à vocação que vós lhes concedestes, nós vos pedimos, Senhor.

- Pai santo, socorrei-nos com vosso amor!

 

2. Concedei vossos dons àqueles que ocupam cargos públicos, para que sejam honestos, justos e defendam a vida e o bem comum da pátria, nós vos pedimos, Senhor.

- Pai santo, socorrei-nos com vosso amor!

 

3. Favorecei nossas Comunidades com vossa graça, para que saibam descobrir vossa vontade nos sinais dos tempos, nós vos pedimos, Senhor.

- Pai santo, socorrei-nos com vosso amor!

 

4. Confirmai em sua ação missionária e pastoral o ECC, Encontro de Casais com Cristo, que celebra seu jubileu de ouro, e assim as famílias possam crescer no amor a Cristo, nós vos pedimos, Senhor.

- Pai santo, socorrei-nos com vosso amor!

 

5. Outras intenções...

 

Em vossas mãos divinas colocamos nossa vida e nossos sentimentos, Senhor, nosso Deus, pois vós sois vida e salvação, e reinais e viveis para sempre.

- Amém.

 

*   *   *

 

   

 

© desde 25/12/2006 - Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil