16/06/2019

Solenidade da Santíssima Trindade

"Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo!"

 

 

A Santíssima Trindade é o mistério de amor e de comunhão entre as três Pessoas divinas: Pai, Filho e Espírito Santo. O convite da Palavra e da Liturgia é para contemplarmos o Deus que é amor eterno, que é família, que é comunhão e comunidade. O que Deus espera de nós? Espera que vivamos nesse mesmo amor, pois só em Deus nós somos, nos movemos e existimos. Aprendamos, pois, a olhar com maior profundidade nossa fé no Pai Criador, no Filho Redentor e no Espírito Santo Santificador.  

 

 

Liturgia da Palavra - Deus nos fala

Quando a Palavra, de fato, encontra acolhida em nós, mudamos nossas atitudes e pensamentos. Jesus ajuda Nicodemos a compreender o mistério da salvação. Como ele devemos renascer nesse mistério salvífico de Cristo. O Espírito nos faz ser novas criaturas.  

 

 

1ª Leitura - Pr 8,22-31

Leitura do Livro dos Provérbios:

Assim fala a Sabedoria de Deus: "O Senhor me possuiu como primícia de seus caminhos, antes de suas obras mais antigas; desde a eternidade fui constituída, desde o princípio, antes das origens da terra. Fui gerada quando não existiam abismos, quando não havia os mananciais das águas, antes que fossem estabelecidas as montanhas, antes das colinas fui gerada.

Ele ainda não havia feito as terras e os campos, nem os primeiros vestígios de terra do mundo. Quando preparava os céus, ali estava eu, quando traçava a abóbada sobre o abismo, quando firmava as nuvens lá no alto e reprimia as fontes do abismo, quando fixava ao mar os seus limites - de modo que as águas não ultrapassassem suas bordas - e lançava os fundamentos da terra, eu estava ao seu lado como mestre de obras; eu era seu encanto, dia após dia, brincando, todo o tempo, em sua presença, brincando na superfície da terra, e alegrando-me em estar com os filhos dos homens".

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Salmo Responsorial - Sl 8

Ó Senhor, nosso Deus, como é grande vosso nome por todo o universo!

 

Contemplando estes céus que plasmastes e formastes com dedos de artista; vendo a lua e estrelas brilhantes, perguntamos: "Senhor, que é o homem, para dele assim vos lembrardes e o tratardes com tanto carinho?"

 

Pouco abaixo de Deus o fizestes, coroando-o de glória e esplendor; vós lhe destes poder sobre tudo, vossas obras aos pés lhe pusestes:

 

as ovelhas, os bois, os rebanhos, todo o gado e as feras da mata; passarinhos e peixes dos mares, todo ser que se move nas águas. 

 

 

2ª Leitura - Rm 5,1-5

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos:

Irmãos: Justificados pela fé, estamos em paz com Deus, pela mediação do Senhor nosso, Jesus Cristo. Por ele tivemos acesso, pela fé, a esta graça, na qual estamos firmes e nos gloriamos, na esperança da glória de Deus.

E não só isso, pois nos gloriamos também de nossas tribulações, sabendo que a tribulação gera a constância, a constância leva a uma virtude provada, a virtude provada desabrocha em esperança; e a esperança não decepciona, porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Evangelho - Jo 16,12-15

Anúncio do Evangelho de Jesus Cristo, escrito por João:

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: "Tenho ainda muitas coisas a dizer-vos, mas não sois capazes de as compreender agora.

Quando, porém, vier o Espírito da Verdade, ele vos conduzirá à plena verdade. Pois ele não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido; e até as coisas futuras vos anunciará.

Ele me glorificará, porque receberá do que é meu e vo-lo anunciará. Tudo o que o Pai possui é meu. Por isso, disse que o que ele receberá e vos anunciará, é meu".

- Palavra da Salvação.

- Glória a vós, Senhor!

 

 

Reflexão

A Igreja celebra a solenidade da Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo. Na vida divina e na História da Salvação, cada pessoa da Trindade tem sua ação muito clara, formando um único ser, o Deus uno-trino, a comunidade por excelência. Quando professamos a fé na Trindade cremos na ação amorosa, criadora e salvífica de Deus em favor da humanidade. Não é fé teórico-abstrata, ela se evidencia na concretude da vida e da história humana.

Quando pensamos em Deus que cria por amor todo o Universo, dá o seu Filho, que se doa ao Pai e à humanidade, e no Espírito, o motor movente da relação trinitária e da continuidade da ação divina na história desde a eternidade, percebemos que tudo isso toca nossa existência diretamente.

A vida eclesial bebe da fonte trinitária. Toda a vida litúrgico-sacramental da Igreja tem seu ponto de partida, de chegada e de envio nessa comunidade viva, criativa e dinâmica que interpela cada ser humano a anunciar as maravilhas de Deus: "Ó Senhor, Senhor nosso, como é grande vosso nome em toda a terra! Ao contemplar vosso céu, obra de vossas mãos, vejo a lua e as estrelas que criastes: que coisa é o homem, para dele vos lembrardes, que é o ser humano, para o visitardes? No entanto o fizestes pouco menor que os anjos, de glória e de honra o coroastes. Vós o colocastes acima das obras de vossas mãos, tudo pusestes sob seus pés" (Sl 8,2.4-7). Esse salmo nos põe em sintonia com o mistério que celebramos. 

Seria muito importante que cada pessoa, neste dia, ao celebrar em sua Comunidade de fé, pudesse meditar sobre o Credo e tomar consciência de suas implicações na vida pessoal e comunitária. Além disso, fazer uma memória histórica da experiência relacional com as pessoas divinas na vida espiritual, de fé e de oração. O que significa, como cristão(ã), traçar sobre mim a cruz e dizer: Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo? Ou rezar Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo? Reflita sobre esse tesouro espiritual de nossa fé. 

Pe. Rogério Gomes, C.Ss.R.

Folheto litúrgico Deus Conosco - Ed.Santuário (16/06/2019)

 

 

Oração da Comunidade

Senhor Deus, revesti-nos de vosso amor sem fim e fortalecei a humanidade no caminho de vosso Filho para que ela alcance a santidade por vosso Santo Espírito. Ouvi-nos.

 

1. Alimentai vossa Igreja com vossa sabedoria e verdade eterna, e ela sendo fiel à sua vocação, anuncie com ardor missionário o Evangelho da vida, nós vos rogamos.

- Trindade Santa, ouvi-nos e santificai-nos!

 

2. Fortalecei nossa Comunidade na Palavra de Cristo, para que ela renasça na vida nova de vosso Espírito Santo, nós vos rogamos.

- Trindade Santa, ouvi-nos e santificai-nos!

 

3. Abri o coração de todas as pessoas de bem, para que ajudem os pobres, estendam a mão aos abandonados e sejam solidários com os sofredores, nós vos rogamos.

- Trindade Santa, ouvi-nos e santificai-nos!

 

4. Inspirai os cristãos na defesa da vida, da dignidade dos pobres, e que eles saibam se opor às práticas opressoras que atentam contra a verdade de Cristo, nós vos rogamos.

- Trindade Santa, ouvi-nos e santificai-nos!

 

5. Outras intenções...

 

Ó Deus, quem poderá resistir ao vosso amor? Dai-nos a sabedoria que vem de vós, de vosso Filho Jesus Cristo, na unidade do Espírito Santo.

- Amém.

 

 

*   *   *

 

   

 

© desde 25/12/2006 - Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil