23/05/2021

Solenidade de Pentecostes

 

 

 

O amor de Deus foi derramado em nossos corações

pelo seu Espírito que habita em nós, aleluia!

(Rm 5,5; 10,11)

 

Nesta memorável Liturgia, ergamos o coração e as mãos em prece, pelo dom de Deus a todos os viventes: O Espíriito Santo que dá a vida e transforma a Comunidade, fazendo  nascer nova criatura a favor do Reino. A Comunidade reunida em torno de Jesus é a nova Comunidade recriada a partir do dom do Espírito. Ele permite superar todas as fraquezas e limitações, e conduz à nova missão, fazendo com que sejam testemunhados o amor, a ressurreição, a certeza do Reino entre nós.

  

 

Liturgia da Palavra - Deus nos fala

O Espírito é fonte que gera a vida plena, a santidade, a missionariedade. Ele nos faz superar as diferenças e nos comunicar para vivermos em comunhão.   

 

 

1ª Leitura - At 2,1-11

Leitura dos Atos dos Apóstolos:

Quando chegou o dia de Pentecostes, os discípulos estavam todos reunidos no mesmo lugar. De repente, veio do céu um barulho como se fosse uma forte ventania, que encheu a casa onde eles se encontravam. Então apareceram línguas como de fogo que se repartiram e pousaram sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito os inspirava. Moravam em Jerusalém judeus devotos, de todas as nações do mundo. Quando ouviram o barulho, juntou-se a multidão, e todos ficaram confusos, pois cada um ouvia os discípulos falar em sua própria língua.

Cheios de espanto e admiração, diziam: "Esses homens que estão falando não são todos galileus? Como é que nós os escutamos na nossa própria língua? Nós, que somos partos, medos e elamitas, habitantes da Mesopotâmia, da Judeia e da Capadócia, do Ponto e da Ásia, da Frígia e da Panfília, do Egito e da parte da Líbia próxima de Cirene, também romanos que aqui residem; judeus e prosélitos, cretenses e árabes, todos nós os escutamos anunciarem as maravilhas de Deus na nossa própria língua!"

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Salmo Responsorial - Sl 103

Enviai o vosso Espírito, Senhor, e da terra toda a face renovai.

 

Bendize, ó minha alma, ao Senhor! Ó meu Deus e meu Senhor, como sois grande! Quão numerosas, ó Senhor, são vossas obras! Encheu-se a terra com as vossas criaturas!

 

Se tirais o seu respiro, elas perecem e voltam para o pó de onde vieram. Enviais o vosso espírito e renascem e da terra toda a face renovais.

 

Que a glória do Senhor perdure sempre, e alegre-se o Senhor em suas obras! Hoje seja-lhe agradável o meu canto, pois o Senhor é a minha grande alegria! 

 

 

2ª Leitura - 1Cor 12,3b-7.12-13

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios:

Irmãos: Ninguém pode dizer: Jesus é o Senhor, a não ser no Espírito Santo. Há diversidade de dons, mas um mesmo é o Espírito. Há diversidade de ministérios, mas um mesmo é o Senhor. Há diferentes atividades, mas um mesmo Deus que realiza todas as coisas em todos . A cada um é dada a manifestação do Espírito em vista do bem comum. Como o corpo é um, embora tenha muitos membros, e como todos os membros do corpo, embora sejam muitos, formam um só corpo, assim também acontece com Cristo. De fato, todos nós, judeus ou gregos, escravos ou livres, fomos batizados num único Espírito, para formarmos um único corpo, e todos nós bebemos de um único Espírito. 

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Sequência

- Espírito de Deus, enviai dos céus um raio de luz!

- Vinde, Pai dos pobres, dai aos corações vossos sete dons.

- Consolo que acalma, hóspede da alma, doce alívio, vinde!

- No labor descanso, na aflição remanso, no calor aragem.

- Enchei, luz bendita, chama que crepita, o íntimo de nós!

- Sem a luz que acode, nada o homem pode, nenhum bem há nele.

- Ao sujo lavai, ao seco regai, curai o doente.

- Dobrai o que é duro, guiai no escuro, o frio aquecei.

- Dai à vossa Igreja, que espera e deseja, vossos sete dons.

- Dai em prêmio ao forte uma santa morte, alegria eterna. Amém.

 

 

Evangelho - Jo 20,19-23

Anúncio do Evangelho de Jesus Cristo, escrito por João:

Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas, por medo dos judeus, as portas do lugar onde os discípulos se encontravam, Jesus entrou e, pondo-se no meio deles, disse: "A paz esteja convosco". Depois dessas palavras, mostrou-lhes as mãos e o lado. Então os discípulos se alegraram por verem o Senhor.

Novamente, Jesus disse: "A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, também eu vos envio".  E , depois de ter disto isso, soprou sobre eles e disse: "Recebei o Espírito Santo. A quem perdoardes os pecados, eles lhes serão perdoados; a quem não os perdoardes, eles lhes serão retidos".

- Palavra da Salvação.

- Glória a vós, Senhor!

 

 

Reflexão

Enviai vosso Espírito

A História da Salvação se faz através das grandes teofanias de Deus, que está presente para revelar seu mistério e nos atrair à comunhão com Ele. Desde a criação, tem repetidas vezes aberto os tesouros de sua misericórdia.

A Igreja está em permanente súplica: "Vinde, Espírito Santo e enchei o coração dos vossos fiéis com a luz de vosso amor". Por quê? O Espírito Santo é vida em nós. Ele é o respiro espiritual, como o ar (Jesus o chama de vento ― Jo 3,8) que mantém a vida. Pedir o Espírito é pedir que a vida se mantenha. Rezamos para que santifique a Igreja e o mundo para que se realize em nós o que se realizou no início da pregação do Evangelho (Oração).

Santificais a vossa Igreja

Jesus, em seu Mistério Pascal deu o Espírito, fazendo a unidade de todos os momentos de salvação, como no anúncio, na Cruz, na Páscoa e em sua Glorificação. Por isso, na celebração litúrgica rezamos: "Deus, que enriqueceis a vossa Igreja com os bens do Céu, conservai a graça que lhe deste para que cresçam os dons do Espírito". Não confundamos dons pessoais com os dons eclesiais. Os dons do Espírito são a vida que o Espírito dá à Igreja em seu ministério fundamental, que é servir o Senhor e anunciar a graça do Evangelho a todos. A santificação se faz pela vitória contra todo o mal, vencendo toda divisão, para que todos sejam o Corpo de Cristo. Santificação não é só um momento espiritual, mas a vida do Corpo de Cristo que somos nós (Rm 12,5).

Pela graça e pela pregação

Ao morrer, Jesus dá o Espírito. Na primeira aparição, Jesus dá a paz que é a plenitude dos dons de Deus. Depois diz: "Recebei o Espírito Santo. A quem perdoardes os pecados, eles serão perdoados, a quem não os perdoardes, ser-lhes-ão retidos" (Jo 20,19.22). É o dom da Redenção que chega a todos na paz universal. Nesse momento, os discípulos são enviados com todo o poder de Cristo: "Como o Pai me enviou, também eu vos envio" (Jo 19,21). A missão de Cristo para a implantação do Reino de Deus está nas mãos dos discípulos que agem no Espírito Santo.

O fenômeno maravilhoso da compreensão do Evangelho está na reunião da variedade das línguas e na confissão da mesma fé. É a plenitude do mistério Pascal (prefácio). Todos ficaram cheios do Espírito Santo e proclamavam as maravilhas de Deus (At 2,4.11).

Pe. Luiz Carlos de Oliveira, C.Ss.R.

Deus Conosco Semanário Litúrgico - Ed.Santuário (23/05/2021)

 

 

Preces da Comunidade

Senhor Deus e Pai, que nos enviastes o Espírito Santo que nos conduz no caminho do Reino e da santidade, iluminai nossa vida e infundi em nós e no mundo, vossa paz. Escutai-nos.

 

1. Confirmai vossa Igreja como sacramento de vosso Reino, iluminai vosso povo fiel e todas as Comunidades cristãs. Nós vos rogamos.

- Enviai vosso Espírito Santo, e santificai-nos!

 

2. Guiai as famílias, os casais e todos os que procuram viver com intensidade a fé e a testemunham na caridade. Nós vos rogamos.

- Enviai vosso Espírito Santo, e santificai-nos!

 

3. Guardai em vosso amor os Catequistas, os líderes de nossas Comunidades, os que trabalham na defesa da vida e da dignidade dos pobres e escravizados, dos excluídos e abandonados. Nós vos rogamos.

- Enviai vosso Espírito Santo, e santificai-nos!

 

4. Fazei-nos viver o Batismo e a Crisma na fidelidade e no compromisso com o Evangelho de vosso Filho, promovendo a vida e a harmonia, a alegria e a solidariedade. Nós vos rogamos.

- Enviai vosso Espírito Santo, e santificai-nos!

 

5. Outras intenções...

 

Ó Deus, que a vida e a liberdade que nos destes, nos ajudem a viver em paz no mundo, testemunhando a verdade Cristo, e assim alcançarmos a plenitude da vida. Por Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

- Amém.

 

*   *   *

 

   

 

© desde 25/12/2006 - Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil