13/01/2019

Batismo do Senhor

"Permanecer nele e com Ele!"

 

 

Jesus assumiu com plena entrega a missão que o Pai lhe confiou. Jesus foi abraçado pelo amor do Pai: "Tu és o meu Filho amado, em ti ponho o meu bem-querer". O Batismo de Jesus realizado por João, no rio Jordão, lembra nosso Batismo sacramental e o compromisso com o Reino: somos chamados à mesma missão de Jesus. Deus colocou também em nós sua afeição, fazendo-nos participar na missão de seu Filho. O Espírito, que é vida, tornou-nos capazes de assumir todas as esperanças humanas.

 

 

Liturgia da Palavra - Deus nos fala

É graça ouvir a Palavra, pois o Senhor continua a falar com seu povo. Ele deseja que nossa ação seja luz no mundo, e que manifestemos, pela fé e pelo testemunho, sua misericórdia.  

 

 

1ª Leitura - Is 42,1-4.6-7

Leitura do Livro do Profeta Isaías:

Assim fala o Senhor: "Eis o meu servo - eu o recebo; eis o meu eleito - nele se compraz minha alma; pus meu espírito sobre ele, ele promoverá o julgamento das nações. Ele não clama nem levanta a voz, nem se faz ouvir pelas ruas. Não quebra uma cana rachada nem apaga um pavio que ainda fumega; mas promoverá o julgamento para obter a verdade. Não esmorecerá nem se deixará abater, enquanto não estabelecer a justiça na terra; os países distantes esperam seus ensinamentos. Eu, o Senhor, te chamei para a justiça e te tomei pela mão; eu te formei e te constituí como o centro de aliança do povo, luz das nações, para abrires os olhos dos cegos, tirares os cativos da prisão, livrares do cárcere os que vivem nas trevas".

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Salmo Responsorial - Sl 28

Que o Senhor abençoe, com a paz, o seu povo!

 

Filhos de Deus, tributai ao Senhor, tributai-lhe a glória e o poder! Dai-lhe a glória devida ao seu nome; adorai-o com santo ornamento! 

 

Eis a voz do Senhor sobre as águas, sua voz sobre as águas imensas! Eis a voz do Senhor com poder! Eis a voz do Senhor majestosa.

 

Sua voz no trovão reboando! No seu templo os fiéis bradam: "Glória!" É o Senhor que domina os dilúvios, o Senhor reinará para sempre!

 

 

2ª Leitura - At 10,34-38

Leitura dos Atos dos Apóstolos:

Naqueles dias, Pedro tomou a palavra e disse: "De fato, estou compreendendo que Deus não faz distinção entre as pessoas. Pelo contrário, ele aceita quem o teme e pratica a justiça, qualquer que seja a nação a que pertença.

Deus enviou sua palavra aos israelitas e lhes anunciou a Boa-nova da paz, por meio de Jesus Cristo, que é o Senhor de todos.

Vós sabeis o que aconteceu em toda a Judeia, a começar pela Galileia, depois do batismo pregado por João: como Jesus de Nazaré foi ungido por Deus com o Espírito Santo e com poder. Ele andou por toda a parte, fazendo o bem e curando a todos os que estavam dominados pelo demônio; porque Deus estava com ele".

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Evangelho - Lc 3,15-16.21-22

Anúncio do Evangelho de Jesus Cristo, escrito por Lucas:

Naquele tempo, o povo estava na expectativa e todos se perguntavam no seu íntimo se João não seria o Messias. Por isso, João declarou a todos: "Eu vos batizo com água, mas virá aquele que é mais forte do que eu. Eu não sou digno de desamarrar a correia de suas sandálias. Ele vos batizará no Espírito Santo e no fogo".

Quando todo o povo estava sendo batizado, Jesus também recebeu o batismo. E, enquanto rezava, o céu se abriu e o Espírito Santo desceu sobre Jesus em forma visível, como pomba. E do céu veio uma voz: "Tu és o meu Filho amado, em ti ponho o meu bem-querer".

- Palavra da Salvação.

- Glória a vós, Senhor!

 

 

Reflexão

Permanecer nele e com Ele!

O Batismo de Jesus é sua manifestação aos judeus. É o próprio Pai que abre os céus e lhe dá o Espírito. E dá o sentido desse dom do Espírito: o Amor do Pai: "Tu és meu Filho amado, em ti ponho o meu bem-querer" (Lc 3,22). O Batismo de Jesus é uma manifestação do sentido de sua missão: ser amor. Por isso, se manifesta o Espírito, que é o Amor. O Batismo dos cristãos tem essa característica: entrar nesse movimento do amor. Inicia-se uma transformação. Por isso, não é só um rito, uma água que jorra.

No Batismo se iniciou a missão de Jesus: "Vós sabeis o que aconteceu na Judeia, a começar pela Galileia, depois do Batismo pregado por João... Jesus, cheio do Espírito, andou por toda parte fazendo o bem..." (At 10,38). O Batismo de Jesus, mais do que um rito, é uma vida que se torna uma missão.

O Batismo do Senhor é uma teofania, uma manifestação de Deus Trindade. Por isso, somos batizados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Não porque usamos seus Nomes, mas pelo rito de sermos mergulhados nas águas somos mergulhados nesse mistério de amor e assumimos o plano de Deus em Cristo. Não somos batizados para entrar numa religião, mas para participar da vida de Deus. Entramos na Igreja para dar condições para que essa vida seja consistente. Cada cristão é uma teofania do amor de Deus, que é a missão fundamental de Jesus.

O Batismo é participação no amor do Filho. Por isso, também somos chamados de filhos queridos do Pai, como disse a Jesus: "Tu és o meu Filho amado, em ti ponho o meu bem-querer" (Lc 3,22). O caminho espiritual é corresponder ao Pai no amor, a Jesus como continuadores de sua missão e ao Espírito para jorrar o amor para o mundo. Esse não espera outra coisa dos cristãos: quer ser amado no serviço concreto de redenção total do ser humano e do universo.

Como somos chamados a ouvir o Filho amado, a oração pós-comunhão diz: "chamados de filhos de de Deus, nós o sejamos de fato". Não é possível ser meio cristão. É preciso permanecer nele e com Ele levar o amor ao mundo. 

Pe. Luiz Carlos de Oliveira, C.Ss.R.

Folheto litúrgico Deus Conosco - Ed.Santuário (13/01/2019)

 

 

Oração da Comunidade

Elevemos ao Senhor, nosso Deus, nossos rogos, pois somos necessitados de seu amor e de sua misericórdia. Confiantes, rezamos:

- Fortalecei-nos, Senhor, na vivência batismal!

 

1. Fortalecei vossa Igreja, que ela anuncie com fervor o Evangelho e seja ministerial e misericordiosa, nós vos suplicamos, Senhor.

- Fortalecei-nos, Senhor, na vivência batismal!

 

2. Guiai, por vosso Santo Espírito, nossas Comunidades, para que sejam promotoras da vida, da fraternidade e solidárias com os mais necessitados, nós vos suplicamos, Senhor.

- Fortalecei-nos, Senhor, na vivência batismal!

 

3. Ajudai os cristãos de todas as nações a descobrirem nos sinais dos tempos, os sinais de vosso Reino e de vossa vontade, nós vos suplicamos, Senhor.

- Fortalecei-nos, Senhor, na vivência batismal!

 

4. Fazei de nós instrumentos de vosso Reino, e que sejamos no mundo uma lembrança de vosso amor, nós vos suplicamos, Senhor.

- Fortalecei-nos, Senhor, na vivência batismal!

 

5. Outras intenções...

 

Senhor Deus, que vossa força nos sustente enquanto peregrinamos neste mundo e nos desperte para viver em vossa bondade. Isto vos pedimos por Cristo, nosso Senhor.

- Amém.

 

 

*   *   *

 

   

 

© desde 25/12/2006 - Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil