30/12/2018

Sagrada Família: Jesus, Maria, José

"Felizes os que andam no caminho do Senhor!"

 

 

Hoje é o dia litúrgico dedicado à Família, tesouro sagrado que carregamos em vasos frágeis de argila. A Sagrada Família de Nazaré será sempre o modelo ideal para nós, ainda que tenhamos consciência de que nunca seremos capazes de ter em nós tamanha comunhão de amor e de vida. Mas a Palavra de Deus nos indica caminhos, e onde houver amor e respeito, existirá semente de uma família feliz e temente a Deus. Trazemos a Família diante de Deus no agradecimento, na festa e na alegria. Celebremos, pois, com fervor, o Senhor, Família eterna de amor.  

 

 

Liturgia da Palavra - Deus nos fala

A Palavra sempre iluminou a vida da família, pois é Deus quem inspira as relações familiares. Ao nos presentear com a Sagrada Família de Nazaré, imprimiu, definitivamente, o ideal que deve mover cada família: respeito, obediência e amor. Feliz a família que coloca o Senhor acima de todas as coisas.

 

 

1ª Leitura - Eclo 3,3-7.14-17a

Leitura do Livro do Eclesiástico:

Deus honra o pai nos filhos e confirma, sobre eles, a autoridade da mãe.

Quem honra o seu pai, alcança o perdão dos pecados; evita cometê-los e será ouvido na oração cotidiana. Quem respeita a sua mãe é como alguém que ajunta tesouros. Quem honra o seu pai, terá alegria com seus próprios filhos; e, no dia em que orar, será atendido. Quem respeita o seu pai, terá vida longa, e quem obedece ao pai é o consolo da sua mãe.

Meu filho, ampara o teu pai na velhice e não lhe causes desgosto enquanto ele vive. Mesmo que ele esteja perdendo a lucidez, procura ser compreensivo para com ele; não o humilhes, em nenhum dos dias de sua vida: a caridade feita ao teu pai não será esquecida, mas servirá para reparar os teus pecados e, na justiça, será para tua edificação.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Salmo Responsorial - Sl 127

Felizes os que temem o Senhor e trilham seus caminhos!

 

Feliz és tu, se temes o Senhor e trilhas seus caminhos! Do trabalho de tuas mãos hás de viver, serás feliz, tudo irá bem!

 

A tua esposa é uma videira bem fecunda no coração da tua casa; os teus filhos são rebentos de oliveira ao redor de tua mesa.

 

Será assim abençoado todo homem que teme o Senhor. O Senhor te abençoe de Sião, cada dia de tua vida.

 

 

2ª Leitura - Cl 3,12-21

Leitura da Carta de São Paulo aos Colossenses:

Irmãos: Vós sois amados por Deus, sois os seus santos eleitos. Por isso, revesti-vos de sincera misericórdia, bondade, humildade, mansidão e paciência, suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos mutuamente, se um tiver queixa contra o outro. Como o Senhor vos perdoou, assim perdoai vós também. Mas, sobretudo, amai-vos uns aos outros, pois o amor é o vínculo da perfeição.

Que a paz de Cristo reine em vossos corações, à qual fostes chamados como membros de um só corpo. E sede agradecidos.

Que a palavra de Cristo, com toda a sua riqueza, habite em vós. Ensinai e admoestai-vos uns aos outros com toda a sabedoria. Do fundo dos vossos corações, cantai a Deus salmos, hinos e cânticos espirituais, em ação de graças.

Tudo o que fizerdes, em palavras ou obras, seja feito em nome do Senhor Jesus Cristo. Por meio dele dai graças a Deus, o Pai.

Esposas, sede solícitas para com vossos maridos, como convém, no Senhor.

Maridos, amai vossas esposas e não sejais grosseiros com elas. Filhos, obedecei em tudo aos vossos pais, pois isso é bom e correto no Senhor. Pais, não intimideis os vossos filhos, para que eles não desanimem. 

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus!

 

 

Evangelho - Lc 2,41-52

Anúncio do Evangelho de Jesus Cristo, escrito por Lucas:

Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém, para a festa da Páscoa. Quando ele completou doze anos, subiram para a festa como de costume. Passados os dias da Páscoa, começaram a viagem de volta, mas o menino Jesus ficou em Jerusalém, sem que seus pais o notassem. Pensando que ele estivesse na caravana, caminharam um dia inteiro. Depois começaram a procurá-lo entre os parentes e conhecidos. Não o tendo encontrado, voltaram para Jerusalém à sua procura. Três dias depois, o encontraram no Templo. Estava sentado no meio dos mestres, escutando e fazendo perguntas. Todos os que ouviam o menino estavam maravilhados com sua inteligência e suas respostas. Ao vê-lo, seus pais ficaram muito admirados e sua mãe lhe disse: "Meu filho, por que agiste assim conosco? Olha que teu pai e eu estávamos, angustiados, à tua procura".

Jesus respondeu: "Por que me procuráveis? Não sabeis que devo estar na casa de meu Pai?"

Eles, porém, não compreenderam as palavras que lhes dissera.

Jesus desceu então com seus pais para Nazaré, e era-lhes obediente. Sua mãe, porém, conservava no coração todas estas coisas. E Jesus crescia em sabedoria, estatura e graça, diante de Deus e diante dos homens. 

- Palavra da Salvação.

- Glória a vós, Senhor!

 

 

Reflexão

Família, templo de Deus

Recordamos hoje a Sagrada Família, Jesus, Maria e José. Deus, que escolheu se encarnar numa família, mostra-nos que também através dela Ele se manifesta ao mundo. Aprendemos que a realização da salvação de Deus para a humanidade passa necessariamente pela experiência familiar. Quando honramos e respeitamos nossa família, manifestando nosso afeto e nossa dedicação, estamos na verdade amando e respeitando o próprio Deus (Eclo 3,3ss).

Os valores da gratidão, do respeito e do perdão, que devem ser aprendidos e vividos no seio  familiar, são também fundamentais em nossa vida de fé. É por isso que o bem da família é decisivo para o futuro do mundo e da Igreja. É por isso também que todos os cristãos precisam buscar defender e promover a vida familiar, quer seja vivendo os valores do Evangelho em suas próprias famílias, quer seja contribuindo para a formação da consciência em relação a esse tema na sociedade.

Desafios da Família

Em todos os tempos, a família sempre enfrentou grandes desafios. A Bíblia está repleta de famílias que passaram por crises e dificuldades. Nos dias atuais são, sobretudo, as drogas e a violência as grandes ameaças. O Papa Francisco, na Exortação Apostólica Amoris Laetitia, recordou-nos que a família "deve ser reflexo do amor divino, que conforta com a palavra, o olhar, a ajuda, a carícia, o abraço". Certo é que não existem e nem existirão famílias perfeitas.

A única família perfeita que conhecemos á a própria Santíssima Trindade. Mas é bonito e edificante sabermos que muitas famílias, que estão bem longe de se considerarem perfeitas, vivem no amor, realizam sua vocação e continuam suas lutas, embora caiam muitas vezes ao longo do caminho. Aliás, essa é também uma missão da família: apoiar-se e colaborar para o crescimento humano e espiritual uns dos outros.

Uma lição de vida

No Evangelho vemos elementos próprios da vida familiar. Notamos, claramente, como José e Maria lidam com a situação de crise, na ocasião da perda de Jesus em Jerusalém (Lc 2,48). Manifestam serenamente sua preocupação e se abrem para o diálogo.

Essa atitude deve servir de inspiração para nós, esposos, pais e filhos de hoje. "Ser família é uma experiência espiritual profunda que faz contemplar cada ente querido com os olhos de Deus e reconhecer Cristo nele" (Papa Francisco).

Pe. Fábio Evaristo da Silva, C.Ss.R. 

Este texto faz parte do folheto litúrgico deste domingo - Deus Conosco -

Ed. Santuário.

 

 

Oração da Comunidade

Irmãos e irmãs, rezemos hoje pelas Famílias para que, inspiradas pela Sagrada Família de Nazaré, se tornem  lugar de amor, de fraternidade e de paz. Com fé, nós vos clamamos:

- Por vosso amor, ouvi-nos, Senhor!

 

1. Deus de Amor, que criastes a grande família humana, dai-nos serenidade para multiplicar a bondade e tirar do mundo o egoísmo e a discórdia, confiantes, nós vos pedimos.

- Por vosso amor, ouvi-nos, Senhor!

 

2. Deus de Amor, que instituístes a Família Igreja, Comunidade de irmãos e irmãs que buscam o bem e a paz, fazei de nossas Comunidades um lugar de respeito mútuo e fraternidade, confiantes, nós vos pedimos.

- Por vosso amor, ouvi-nos, Senhor!

 

3. Deus de Amor, que ao criar o homem e a mulher, os designastes para formarem famílias, ajudai os casais a respeitarem os laços matrimonias e a viverem a fidelidade completa no amor, confiantes, nós vos pedimos.

- Por vosso amor, ouvi-nos, Senhor!

 

4. Deus de Amor, que em vossa misericórdia abraçais a criatura humana, amparai e sustentai as famílias que vivem em dificuldades, amparai os casais que se separaram e protegei os filhos que sofrem ao ver suas famílias desunidas, confiantes, nós vos pedimos.

- Por vosso amor, ouvi-nos, Senhor!

 

5. Outras intenções...

 

Senhor Deus e Pai, aceitai as preces que nasceram de nosso coração, ajudai-nos a superar nossas dificuldades e confortai-nos com vossa bondade. Vós que sois nosso Deus, e viveis e reinais para sempre.

- Amém.

 

 

*   *   *

 

   

 

© desde 25/12/2006 - Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil